O que é o Programa de Perdão de Empréstimo do Serviço Público?

tempo de emissão: 2022-06-05

O Programa de Perdão de Empréstimo de Serviço Público (PSLF) é um programa federal que permite que os mutuários que fizeram contribuições qualificadas para organizações de serviço público tenham seus empréstimos perdoados.Para serem elegíveis, os mutuários devem ter feito um empréstimo antes de 1º de outubro de 2007 e feito pelo menos 120 pagamentos mensais qualificados enquanto estiverem empregados em um serviço público.A seguir estão alguns dos requisitos para elegibilidade:

- O mutuário deve estar empregado em tempo integral em um emprego de serviço público

-O mutuário deve fazer 120 pagamentos mensais consecutivos sobre o empréstimo

-O emprego deve continuar por cinco anos ou mais, e o status de emprego do mutuário deve permanecer inalterado durante esse período

-O empréstimo não pode ser superior a $ 50.000 quando foi retirado e não pode exceder $ 60.000 quando é perdoado

-Organização de serviço público pode ser qualquer organização governamental ou sem fins lucrativos que atenda a determinados critérios - como prestação de serviços sociais, proteção ambiental, educação ou assistência médica.

Quem é elegível para perdão de empréstimo neste programa?

O programa Perdão do Empréstimo do Serviço Público (PSLF) foi criado para ajudar as pessoas que se dedicaram ao serviço público.A elegibilidade para o PSLF é baseada no cumprimento de certos requisitos, incluindo ter feito 120 pagamentos de qualificação em seus empréstimos estudantis federais.Se você for elegível, o governo perdoará seu saldo restante depois que você fizer pelo menos mais 10 pagamentos qualificados.Existem algumas exceções a essa regra, por isso é importante falar com um especialista em perdão de empréstimos se você não tiver certeza se se qualifica ou não.

Quanto dos meus empréstimos podem ser perdoados?

Não há uma resposta para essa pergunta, pois depende do programa específico de perdão de empréstimos e da sua situação individual.No entanto, de um modo geral, a maioria dos programas de perdão de empréstimos permite que uma certa porcentagem de seus empréstimos seja perdoada ao longo do tempo.Essa porcentagem pode variar de programa para programa, mas normalmente varia de 10% a 50%.Portanto, se você tiver US$ 30.000 em empréstimos estudantis que são elegíveis para perdão em um programa específico, você pode esperar que cerca de US$ 3.000 a US$ 6.000 desses empréstimos sejam perdoados no total.Tenha em mente que esta é apenas uma estimativa - pode haver outros fatores que afetam quanto de seus empréstimos serão perdoados (como níveis de renda), por isso é importante falar com um especialista em perdão de empréstimos se você estiver interessado em saber mais sobre as especificidades de um programa de perdão de empréstimo específico.

Que tipo de emprego se qualifica para perdão de empréstimos sob PSLF?

Existem alguns tipos diferentes de emprego que se qualificam para o perdão de empréstimos no programa de perdão de empréstimos de serviço público.Geralmente, se você tiver um emprego em tempo integral em uma organização de serviço público que atenda a determinados requisitos, poderá ter direito ao perdão de seus empréstimos.Você precisará enviar uma inscrição e documentação verificando sua elegibilidade ao Departamento de Educação.Lembre-se de que existem algumas exceções, por isso é importante falar com um advogado experiente em perdão de empréstimos se você não tiver certeza sobre sua elegibilidade.

Preciso fazer 120 pagamentos de qualificação antes que meus empréstimos possam ser perdoados?

Não há uma resposta para essa pergunta, pois depende do programa específico de perdão de empréstimos para o qual você é elegível e dos termos de seus empréstimos.No entanto, de um modo geral, se você fizer 120 pagamentos qualificados em seus empréstimos estudantis antes de serem perdoados, provavelmente será elegível para o perdão.Tenha em mente, no entanto, que pode haver outros requisitos que devem ser atendidos para receber o perdão do empréstimo.Por exemplo, alguns programas de perdão de empréstimos exigem que você tenha feito um certo número de pagamentos mensais consecutivos em seus empréstimos.Portanto, é importante consultar um consultor financeiro ou credor que possa ajudá-lo a determinar se você é elegível para o perdão do empréstimo e quais etapas adicionais podem ser necessárias para se qualificar.

Como solicitar o PSLF?

Se você for um estudante em tempo integral em uma escola elegível por pelo menos três anos e tiver feito um progresso satisfatório em seus pagamentos de empréstimos, poderá ter alguns ou todos os seus empréstimos estudantis federais perdoados.Para se inscrever, visite o site do Federal Student Aid e preencha o Formulário Gratuito para o Federal Student Aid (FAFSA). Você precisará fornecer informações sobre sua renda e bens, bem como informações sobre sua escola e status do empréstimo.Se você não tiver certeza se se qualifica para o PSLF, entre em contato com seu credor ou com o escritório Federal Student Aid.

Todos os meus pagamentos de qualificação feitos antes de 1º de outubro de 2007 contarão para o perdão do empréstimo?

Não há uma resposta definitiva para essa pergunta.Dependendo do programa de perdão de empréstimo específico, os pagamentos qualificados feitos antes de 1º de outubro de 2007 podem ou não contar para o perdão do empréstimo.

Se você está pensando em solicitar perdão de empréstimo por meio de um programa patrocinado pelo governo, como o programa de Perdão de Empréstimo de Serviço Público (PSLF) do Departamento de Educação, é importante falar com um consultor financeiro qualificado para determinar se seus pagamentos se qualificam e quanto de alívio da dívida você poderia receber.

Para obter mais informações sobre o PSLF e outros programas de perdão de empréstimos patrocinados pelo governo, visite nosso site ou entre em contato conosco pelo telefone 888-721-0267.

Posso consolidar meus empréstimos para me qualificar para o PSLF?

Existem algumas maneiras de obter o perdão de seus empréstimos, mas a maneira mais comum é através do PSLF.Para se qualificar para o PSLF, você precisa ter empréstimos estudantis federais que estejam inadimplentes ou que tenham sido liberados em falência.Você também pode se qualificar se tiver empréstimos estudantis particulares que foram feitos antes de 2007 e ainda estiverem em boas condições.Se você atender a esses requisitos, poderá solicitar o perdão por meio do PSLF.

Para solicitar o perdão por meio do PSLF, primeiro você precisa entrar em contato com seu agente de empréstimo e perguntar sobre a elegibilidade.Seu agente de empréstimo enviará a você um formulário chamado Application for Federal Student Loan Forgiveness (PSLF). O aplicativo requer informações sobre seu histórico de rendimentos e pagamentos de dívidas.Depois de enviar o pedido, seu agente de empréstimo o analisará e decidirá se aprova ou não seu pedido de perdão.

Se o seu agente de empréstimo aprovar seu pedido de perdão, ele o notificará sobre os termos do contrato de perdão.Os termos do contrato dependerão de quanta dívida você tem e de quanto tempo se passou desde que você começou a pagar seus empréstimos.Na maioria dos casos, o reembolso de todas as dívidas restantes em seus empréstimos estudantis federais elegíveis será cancelado após o perdão aprovado.Isso significa que quaisquer novas dívidas que possam surgir após a aprovação não afetarão sua capacidade de receber perdão futuro do PSLF.

Se ser perdoado por meio do PSLF é algo que lhe interessa, certifique-se de falar com um consultor financeiro qualificado antes de se inscrever para que ele possa ajudá-lo no processo e responder a quaisquer perguntas que possam surgir ao longo do caminho.

Se eu já tiver feito os pagamentos dos meus empréstimos estudantis, esses pagamentos contarão para os 120 necessários para o PSLF?

Não há uma resposta definitiva para essa pergunta, pois depende do programa específico de perdão de empréstimos para o qual você é elegível e dos termos do seu empréstimo.No entanto, de um modo geral, quaisquer pagamentos que você tenha feito para seus empréstimos estudantis no passado contarão para atender aos 120 pagamentos necessários para o PSLF.Tenha em mente, no entanto, que alguns programas de perdão de empréstimos podem exigir que você faça pagamentos adicionais de qualificação antes que eles comecem a perdoar sua dívida.Portanto, se você não tiver certeza se algum de seus pagamentos anteriores o qualifica para um programa específico de perdão de empréstimos, é melhor falar com um consultor financeiro ou credor qualificado sobre sua situação específica.

Quando posso começar a ter meus pagamentos de empréstimos estudantis contados para os 120 exigidos para perdão sob PSLF?

Não há uma resposta para esta pergunta, pois depende da situação específica.No entanto, de um modo geral, o perdão sob PSLF exige que você tenha feito 120 pagamentos mensais consecutivos para sua dívida de empréstimo estudantil.Portanto, se você faz pagamentos regulares de seus empréstimos estudantis há pelo menos seis anos, sua dívida de empréstimo estudantil pode ser elegível para perdão.No entanto, lembre-se de que existem algumas exceções a essa regra - portanto, é importante falar com um consultor financeiro qualificado se você não tiver certeza se sua dívida de empréstimo estudantil é elegível para perdão sob PSLF.

O que acontece se eu mudar de empregador enquanto estiver matriculado no PSLF?

Se você se inscreveu no programa de Perdão de Empréstimo de Serviço Público, ou PSLF, e mudou de empregador enquanto ainda está empregado, há uma chance de que seus empréstimos sejam perdoados.No entanto, existem algumas condições que devem ser atendidas.

Primeiro, você deve ter feito 120 pagamentos de qualificação em seus empréstimos estudantis federais durante o período de inscrição no PSLF.Em segundo lugar, você deve permanecer empregado em tempo integral pelo seu novo empregador por pelo menos 36 meses após deixar seu emprego anterior.Finalmente, você deve fazer um total de 60 pagamentos de qualificação em seus empréstimos estudantis federais depois de deixar seu emprego anterior.Se todas essas condições forem atendidas, o Departamento de Educação considerará perdoar qualquer saldo remanescente em seus empréstimos estudantis federais.

Os reembolsos feitos através de um plano de reembolso baseado na renda contam para os 120 pagamentos mensais exigidos pelo PSLF?

Não há uma resposta definitiva para esta pergunta, pois depende do plano de reembolso específico e do programa de perdão em vigor.No entanto, a maioria dos planos de pagamento baseados em renda conta para os 120 pagamentos mensais exigidos pelo PSLF.Além disso, muitos programas de perdão exigem que você faça pelo menos 120 pagamentos mensais antes que seu empréstimo seja perdoado.Portanto, é importante consultar um consultor de empréstimos ou buscar informações sobre seu plano de pagamento específico para garantir que os pagamentos feitos por meio de um plano de pagamento baseado em renda sejam contabilizados nos 120 pagamentos mensais exigidos pelo PSLF.

13: Os pagamentos de qualificação de mais de um empregador podem ser contados no número total de pagamentos mensais necessários para obter o perdão do empréstimo sob este programa?

O programa de Perdão de Empréstimo de Serviço Público (PSLF) do Departamento de Educação permite que os mutuários tenham seus empréstimos estudantis federais perdoados depois de fazer 120 pagamentos mensais consecutivos.Isso significa que mais de um pagamento de qualificação de um empregador pode ser contado para o número total de pagamentos mensais necessários para obter o perdão do empréstimo sob este programa.No entanto, é importante notar que apenas os primeiros 10 pagamentos mensais elegíveis são elegíveis para perdão sob PSLF.Após os primeiros 10 pagamentos mensais de qualificação terem sido feitos, quaisquer pagamentos adicionais de qualificação não contarão para o perdão.Além disso, existem outros requisitos que devem ser atendidos para que um empréstimo seja elegível para o perdão do PSLF, como ter um emprego no serviço público ou estar ativamente engajado em uma atividade de serviço público aprovada.Se você tiver dúvidas sobre se o seu empréstimo se qualifica para o perdão do PSLF, entre em contato com seu credor ou com a linha direta do Ouvidor de Empréstimos para Estudantes do Departamento de Educação em 1-800-4-FAIR-LOAN (1-800-433-3247).